segunda-feira, 31 de julho de 2017

Invasão de Auto Escolas em Zera 3

37 Reclamações e Nada de Resultado

Último dia do mês de julho.
Hoje faz exatos seis meses que comecei minha longa empreitada para fazer a lei valer no local onde moro, mas infelizmente NADA foi feito.
E, como a falta de ação gera resultados desastrosos, ao invés de acabar com a Invasão de Auto Escolas em Zona Exclusivamente Residencial Ambiental, sem calçadas, houve um aumento das mesmas.
Antes eu reclamava por 3, agora são 7. E o interessante é que o local continua o mesmo. Uma avenida curta, com no máximo 800 metros, sem saída.
Então, até uma criança pode fazer uma associação simples, várias Auto Escolas, indo e vindo, muitas horas por dia, num local sem saída, o que dá? Mais perigo para os pedestres e mais riscos aos animais silvestres, já que se trata do entorno da Reserva da Cantareira.
Domingo retrasado, eu e alguns vizinhos lutamos desesperadamente pela vida de um Veado Campeiro atropelado por aluno sem carteira.
Motivados pelas Auto Escolas, eles chegam aos bandos; (ontem eram 6 carros aos mesmo tempo), e não se importam se não há calçadas ou se os bichos podem ser mortos.
Um prejuízo absurdo e desnecessário ao meio ambiente.
 Na página anterior eu tinha 25 denúncias, hoje são 38, sendo que nos primeiros dias após a veiculação no programa "O Pulo do Gato" da Band, algumas diminuíram a frequência, agora se achando intocáveis, triplicaram a vinda. Na verdade, desde as primeiras do dia, até quase 8 da noite, eles correm pra cá, sem trégua.
E nós que moramos? Temos que nos planejar para sair de casa. Presos, no local de moradia, cerceados do direito constitucional de locomoção para não correr risco de atropelamento.
O que me indigna acima de tudo, é saber que todos eles têm muitas ruas para trabalhar, mas nós só temos aqui para morar.
Alguns instrutores já sabem que encabeço as reclamações e resolveram me achincalhar. Era só o que faltava. Sem o direito de reclamar por uma causa justa.
Essa é a maior indignação com um País que acolhe o erro em detrimento da lei.

video

Esse vídeo ilustra o que acontece aqui. Por falta de fiscalização ou uma ordem direta do Detran, os instrutores das Auto Escolas se acham donos e com direito de provocar quem mora.
Uma pena isso! Nós que moramos, pagamos todos os impostos, não merecíamos passar por uma situação dessas. É um desaforo para quem, com seu trabalho leva esse estado e esse país adiante.
Prefeitura, Detran, acordem antes que haja um atropelamento no local.


Sem mais palavras, apenas o sentimento pungente de indignação.